sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Você já se pegou impaciente?


"A paciência é uma virtude que não pode ser confundida com a tolerância excessiva. Uma pessoa paciente não é aquela que aceita tudo. É aquela que tem domínio sobre o seu ser. Tanto é verdade que o contrário da paciência é a ira, a raiva, a falta de controle sobre suas emoções. E os melhores sinônimos da paciência são a serenidade e paz de espírito ou ainda a capacidade de resistência a influências externas e o domínio da própria vontade.
Quando se perde a paciência, perde-se o controle sobre si mesmo, o domínio da própria vontade e se deixa levar pela emoção e não pela razão.
Benjamin Franklin afirmava que quem tem paciência, obtém o que deseja e Isaac Newton disse: "Se fiz descobertas valiosas, foi mais por ter paciência do que qualquer outro talento".
A paciência é, pois, uma virtude que deve ser cultivada. Ela pressupõe um exercício constante de empatia - ou seja - de se colocar no lugar das outras pessoas. Requer a humildade para respeitar opiniões alheias, mesmo que delas discorde. E para viver com saúde e qualidade nos dias de grande mudança em que vivemos é preciso muita paciência.". (Anthropos)

A Bíblia fala da paciência como um fruto do Espírito (Gálatas 5:22), o qual deve ser produzido por todos os cristãos (1 Tessalonicenses 5:14). Quer usufruir das maravilhas que Deus tem para nós? Então, “Vocês precisam ter paciência para poder fazer a vontade de Deus e receber o que Ele promete”(Hebreus 10:36).

Nenhum comentário:

Postar um comentário