sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Quer saber como ganhar 1 hora a mais no teu dia?




Você também tem aquele sintoma de chegar as 18h e precisar mais umas 10 horas para terminar tudo o que pensou em fazer?
Você também tem aquela visão distorcida de achar que certas atividades vão demorar um tempo X, mas acabam levando X + 30 minutos?
Você também tem aquele defeito de programar 15 coisas para fazer em um dia, e não conseguir terminar a metade?
Fica tranquilo, isso é normal. Normal para pessoas medianas, pois pessoas de alta performance tem um diferencial, sabe qual é?
Espera! Quer saber como ganhar 1 hora a mais no teu dia?
Bom, o segredo das pessoas de alta performance e também para ganhar uma hora amanhã é: P-R-I-O-R-I-Z-A-R melhor.
Estabelecer prioridades é um exercício mental que requer treinamento. Com o tempo, a tendência é que você consiga fazer isso de um modo automático, descartando ou delegando o que é menos irrelevante ser feito antes das demais coisas.
O tempo é o nosso único bem realmente escasso. Todos temos apenas 24 horas por dia de tempo, e nem pagando, o teu dia vai ter 24 horas e meia. Só pra constar, aquela propaganda de um certo banco 30 horas é puro marketing viu. Não cai nessa.
Eu digo que estabelecer prioridades é um exercício mental, porque é como um hábito: ele precisa ser adquirido. E para adquirir um novo hábito, é preciso uma boa dose de persistência. Eu comecei assim:
1) Marquei um despertador para às 22h eu lembrar de montar minha lista de prioridades de amanhã.
2) Eu então paro o que estou fazendo e penso nas 5 coisas mais importantes que preciso efetivamente fazer amanhã.
3) Ordeno elas em ordem de prioridade: as mais importantes, primeiro.
4) Descarto as duas últimas. As três primeiras é obrigatório que sejam concluídas antes de qualquer cosia. Antes de olhar as redes sociais inclusive.
5) Ajustar para fazer as atividades em blocos. Exemplo: coisas de rua, marca um dia da semana ou um turno para fazer todas as atividades de rua; limpeza da casa; arrumação de papéis; pagamento de contas. Isso por que cada vez que você troca de atividade, o cérebro precisa fazer um "swift", alterando para outra forma de pensar e agir, e portanto, com um gasto desnecessário de energia e tempo. Por isso pessoas 100% ocupadas nem sempre são produtivas.
Então no dia seguinte, já sabendo o que eu tenho que fazer, o dia começa com mais foco, com prioridade total para as três coisas e para as demais que você planejou para depois. Rotineiramente podem aparecer demandas pontuais durante o dia. Eu recomendo que anote estas demandas em um caderno de "coisas para fazer" e depois que terminar o que já tinha planejado, você irá olhar com mais atenção. A menos que seja algo urgente.
Eisenhower foi um general de cinco estrelas do Exército Americano que se tornou o 34º presidente dos EUA em 1953, permanecendo no exercício de seu mandato até o ano de 1961. A ele é atribuída a seguinte frase: “O que é importante é raramente urgente, e o que é urgente é raramente importante”.
A organização de atividades em urgentes ou importantes, é uma das mais conhecidas técnicas de administração do tempo, a matriz urgente-importante. O conceito, conhecido como “Princípio Eisenhower”, foi reproduzido pelo Stephen R. Covey no livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”.
Existem pelo menos 4 tipos de atividades:
1) Urgente e importante (crises)
2) Importante e não urgente (planejado)
3) Urgente e não importante (interrupções, demandas externas)
4) Não urgente e não importante (distrações, redes sociais)
Coisas urgentes são feitas com pressa, com correria, em modo de stress. Coisas importantes geram resultados e são feitas com prazer.
O objetivo é entender onde você está gastando o seu tempo, em qual dos 4 tipos que citei acima.
1) Até que ponto você se deixa ser escravizados pelas crises e pelo estresse?
2) Suas tarefas são executadas de modo organizado e planejado, parabéns!
3) Não seria hora de aprender a dizer “não” para os outros?
4) Que tal encontrar formas de dizer “não” para si mesmo?
No seu livro, Covey nos apresenta sete hábitos compartilhados por pessoas bem sucedidas em sua pesquisa, que contempla 200 anos de literatura sobre o sucesso. É no terceiro hábito (“primeiro o mais importante”) que o autor trata da priorização daquelas atividades mais alinhadas aos nossos valores e propósitos. Apenas podemos gerenciar nosso tempo e nos tornar mais assertivos em nossas ações, se soubermos priorizar o que é importante, em detrimento das urgências.
Então lembre: primeiro o mais importante, depois o mais urgente.
Começar o dia sabendo o que você vai vestir e fazer vai gerar um ganho de tempo e foco de pelo menos 1 hora. Eu digo pelo menos uma hora, por que isso varia de acordo com quanto tempo você gasta pensando se vai chover ou fazer sol; se faz o café ou responde os e-mails...
BOA SEXTA-FEIRA!

Fonte: https://www.facebook.com/RiquezaSemLimites/posts/377192205959738:0

Nenhum comentário:

Postar um comentário