quarta-feira, 10 de maio de 2017

A parcialidade nos julgamentos não é boa


Agir com parcialidade segundo os dicionários é demonstrar preferência, não se importando com a justiça ou a verdade. É tomar partido. No dicionário Léxico, são sinônimos de parcialidade, entre outros, a desigualdade, a facção e a injustiça. Talvez essas palavras revelem com clareza o que está por trás do "agir com parcialidade". Temos em Deuteronômio 1:17a um conselho "Não mostrareis parcialidade no julgamento; ouvireis tanto o pequeno como o grande.". Ouvir os dois lados antes de emitir julgamento é ato de sabedoria que vem desse conselho. Isso evita que o sentimentalismo em favor de uma pessoa nos faça inclinar a seu favor. “Não seguirás a multidão para fazeres mal; nem deporás, numa demanda, inclinando-te para a maioria, para torcer o direito. Nem com o pobre serás parcial na sua demanda” (Êxodo 23:2-3). 

Como dizia Rui Barbosa, importante estadista, político, diplomata e jurista brasileiro.  “Saudade da justiça imparcial, exata, precisa. Que estava ao lado da direita, da esquerda, centro ou fundos. Porque o que faz a justiça é o ser justo. Tão simples e tão banal. Tão puro. Saudade da justiça pura, imaculada”.

Patrícia Fortes Lopes Donzele Cielo

Nenhum comentário:

Postar um comentário