sexta-feira, 2 de junho de 2017

8 dicas de marketing jurídico para seu escritório

Publicado por Fillipe Santos

O marketing aplicado à área jurídica não tem a ver somente com estratégias de divulgação das atividades, dos ramos jurídicos ou dos serviços prestados por um escritório de advocacia ou por um advogado autônomo, mas também com a reputação e o reconhecimento do bom trabalho que aquela entidade ou aquele profissional possuem perante os atuais clientes e a sociedade. E, neste sentido, ter um bom planejamento de marketing jurídico significa ampliar as possibilidades de captar novos clientes e, naturalmente, de gerar mais negócios no futuro.

De certo modo, o assunto precisa ser tratado de forma muito cuidadosa quando se tenta aliar marketing e advocacia, tendo em vista que vários aspectos do Estatuto da profissão (Lei nº 8.906/94) bloqueiam determinadas espécies de divulgação. Não é possível, por exemplo, divulgar a advocacia em conjunto com outra atividade, ou mesmo anunciar valores cobrados por determinados serviços, abertamente ao público. Em contrapartida, existem recursos de marketing jurídico viáveis a qualquer profissional ou escritório de Direito, e que muito têm a contribuir com a boa imagem a ser construída.

Conheça 8 dicas de marketing para seu escritório de advocacia!

Cuide do aspecto visual

Tenha um logotipo requintado e elegante para seu escritório, feito por profissionais de design ou publicidade, e encomende cartões de visita, cartas corporativas, selos e outros materiais impressos que sigam a mesma identidade de cores, elementos gráficos e afins.

Invista em um site inteligível e expressivo

Muitas vezes, o primeiro contato que um potencial cliente tem com o escritório é através da Internet. Por isso, é importante investir em um portal ou blog com boa diagramação e uso intuitivo. É essencial que as informações fornecidas sejam claras e que as fotos do local de trabalho sejam bem produzidas. Além disso, vale apostar na navegabilidade e no design responsivo (que priorize todos os dispositivos de acesso, como tablets e celulares): é fundamental que o portal permita uma fácil navegação, contribuindo para a concretização de um contato futuro.

Troque recomendações com amigos advogados

Combine com colegas nos quais você confie e que atuam em outras áreas jurídicas para recomendá-los para clientes em potencial, acertando e obtendo a retribuição por estas indicações, para as demandas nas áreas em que você atua.

Faça parcerias em eventos

Seu nome poderá ser divulgado em determinados eventos, recepções de negócios e palestras, como agradecimento pelo apoio prestado ou por alguma outra gentileza. As parcerias travadas em eventos jurídicos, desta forma, são indispensáveis para uma exposição qualificada e a construção da reputação do seu escritório.

Participe dos eventos da OAB e de outras instituições

Quanto mais você participar dos eventos da seccional da OAB onde está inscrito, de seminários e palestras organizadas por outras instituições ligadas ao Direito, mais gente irá conhecer e mais oportunidades de novas recomendações e negócios poderão surgir.

Mantenha o relacionamento com os clientes antigos

É sempre importante lembrar aos clientes que eles podem contar com seus serviços quando precisarem. Portanto, estabeleça contato periódico por telefone e lhes envie cartões ou e-mails em certas datas comemorativas. Renovar seu networking poderá, inclusive, estimular as indicações de novos clientes.

Seja atencioso com o cliente

Preste todas as informações que o cliente solicita e esteja sempre disponível. Um cliente satisfeito é um cliente que divulga bem os seus serviços para amigos e parentes.

Faça trabalhos voluntários

Quando você presta serviços gratuitos à comunidade, além de lograr mais exposição para seus serviços e atividades, mesmo que de forma indireta, através do trabalho realizado em favor do grupo necessitado, conseguirá também o peso de ser uma pessoa engajada em causas sociais, o que lhe dará prestígio e respeitabilidade.

Todas as estratégias acima devem ser incorporadas à sua rotina de trabalho e de relacionamento interpessoal. Em pouco tempo, você verá que tais recursos começarão a trazer bons resultados para suas atividades jurídicas. Você pratica alguma outra técnica para melhorar seu marketing pessoal e jurídico? Compartilhe sua experiência nos comentários!

https://fillipeds.jusbrasil.com.br/artigos/464894754/8-dicas-de-marketing-juridico-para-seu-escritorio?utm_campaign=newsletter-daily_20170602_5379&utm_medium=email&utm_source=newsletter

Nenhum comentário:

Postar um comentário